Início/Blog/Quais as diferenças entre soldadura MIG/MAG e soldadura TIG?

voltar

06-maio-2021

Quais as diferenças entre soldadura MIG/MAG e soldadura TIG?

Indústroa, Soldadura

Num indústria tão competitiva como a metalomecânica, existe uma procura constante pela melhoria de processos produtivos e consequente aumento da produtividade das empresas. Por esse motivo é importante escolher o processo de soldadura indicado para os resultados que procura.

Numa indústria tão competitiva como a metalomecânica, existe uma procura constante pela melhoria de processos produtivos e consequente aumento da produtividade das empresas. Por esse motivo, ao longo dos anos, têm-se desenvolvido diversos processos de soldadura e é importante conhecer o que os torna tão distintos.

A soldadura é, na sua essência, um processo que une peças de metal. Dos vários processos existentes (como eletrodo revestido, oxiacetileno ou arco submerso), este artigo irá focar-se em dois: soldadura MIG/MAG e a soldadura TIG que, por norma, são os mais procurados para células robotizadas de soldadura nas diversas indústrias.

 

SOLDADURA MIG/MAG

A soldadura MIG/MAG (Metal Inert Gas/Metal Active Gas) consiste num fio de soldadura contínuo protegido por uma atmosfera de proteção. A única diferença entre MIG e MAG é o tipo de gás utilizado. No caso de soldadura MIG é utilizado um gás inerte (não reage com o material do cordão de soldadura, como o argon ou hélio), recomendado para trabalhos com alumínio, cobre, magnésio ou titâno, sendo que no caso de soldadura MAG é utilizado um gás ativo (como o CO2), ideal para aço carbono ou aços inoxidáveis.

No início do seu desenvolvimento, a soldadura MIG/MAG foi bem aceite, principalmente no setor automóvel, mas era considerada um processo caro para a maioria das indústrias. Mais tarde, com o desenvolvimento de CO2 e outros gases de proteção, o processo tornou-se mais acessível e de fácil rentabilização, sendo adotado para grande parte dos setores industriais.

O processo de soldadura MIG/MAG apresenta como principais vantagens:

  • Elevada velocidade de soldadura (quando comparado com os diversos processos existentes);
  • Facilidade de soldadura em diferentes posições;
  • Alta taxa de deposição de material;
  • Menor distorção do metal.

Tendo em conta estas características, este processo de soldadura é mais utilizado em:

  • Soldadura de grande peças metálicas, pois os equipamentos aguentam maiores períodos de soldadura garantindo assim uma maior produtividade;
  • Soldadura de peças metálicas com elevadas espessuras. 

 

SOLDADURA TIG

A soldadura TIG (Tungsten Inert Gas)  utiliza um arco elétrico entre os metais que vão ser unidos e um elétrodo de tungsténio. Este tipo de soldadura, quando bem executado, apresenta uma qualidade bastante elevada, sendo habitualmente usada em projeto exigentes (como os projetos da indústria aeronáutica) de alumínio ou aço inoxidável.

A origem deste tipo de soldadura começa com a descoberta do arco elétrico usando um eletrodo de carbono. Com o passar dos anos, e assim como aconteceu com a soldadura MIG/MAG, a utilização de diferentes gases para proteger a área de soldadura tornou este processo adequado para os diferentes tipos de materiais das várias industrias. 

O processo de soldadura TIG tem como principais vantagens:

  • Alta qualidade dos cordões de soldadura;
  • Menor aquecimento da peça soldada;
  • Ausência de respingos.

Este processo é ideal para a soldadura de peças de pequena dimensão e pequenas/médias espessuras que exigem alta qualidade de soldadura.

 

 

SOLDADURA MIG/MAG vs SOLDADURA TIG

No momento da escolha de um processo de soldadura, mais do que as especificidades técnicas de cada processo, é necessário ter em consideração diferentes fatores como o tipo de materiais a soldar, o tempo de conclusão do projeto e o investimento que se está disposto a fazer.

Caso a soldadura seja feita de forma manual, a técnica e a experiência do soldador também devem ser tidos em consideração. A soldadura MIG/MAG por norma é mais utilizada nestes casos dada a sua facilidade de aprendizagem. A técnica de soldadura TIG acaba por ser mais exigente, pois é necessário uma mão segurar na vareta para alimentar o cordão, enquanto a outra mão segura a tocha.

As principais diferenças entre os dois processos de soldadura são essencialmete as seguintes:

  • A soldadura TIG é um processo de soldadura de alta qualidade, ideal para quando é exigida uma maior precisão. O resultado final é um cordão mais “limpo” sendo que no caso da soldadura MIG/MAG o cordão é mais robusto;
  • Em termos de velocidade, dada a sua precisão e foco nos detalhes, a soldadura TIG tende a ser mais lenta quando comparada com a soldadura MIG/MAG. A soldadura TIG é indicada peças mais pequenas e projetos pontuais e a soldadura MIG/MAG para grandes peças e grande volume de produção.
  • A soldadura MIG/MAG é adequado para peças de grande espessura ao contrário da soldadura TIG que apresenta melhores resultados em peças mais finas;
  • Relativamente ao investimento, os equipamentos MIG/MAG e seus consumíveis são, por norma, mais baratos que os equipamentos TIG.

 

Resumindo...
Se a sua produção inclui um grande volume de peças de grandes dimensões com espessuras médias ou grandes, em que a velocidade é um fator a ter em conta, talvez a soldadura MIG/MAG seja o caminho a seguir. 

Se por outro lado, tem um volume de produção mais baixo de peças mais pequenas e mais finas, em que o foco está no detalhe, provavelmente a soldadura TIG trará os resultados que procura.

 

 

Continua com dúvidas sobre qual o melhor processo de soldadura para a sua empresa?

A Motofil desenvolve células robotizadas de soldadura há mais de 30 anos, para grandes ou pequenos projetos, com diferentes graus de exigência, utilizando os diversos processos de soldadura. 

Entre em contacto connosco, fale com os nossos técnicos e aumente a produtividade da sua empresa, tendo ao seu lado um parceiro líder no desenvolvimento de soluções de soldadura para a indústria metalomecânica.

N/D

/ N/D